Negócios de outro mundo

Por Manoel Fernandes Neto

Mirabel Krause lança livro com mensagens mediúnicas de extraterrestres

O livro da blumenauense Mirabel Krause chega ao público, em livrarias e em venda pela internet, em um momento rico de hipóteses e teorias em relação à criação da vida e ao funcionamento do Universo.

A obra "Revelações dos Deuses Extraterrestres"  traz mensagens de seres do planeta Marduk, obtidas pela autora em um estudo feito a partir de mensagens mediúnicas com mediuns aptos para a função. Longe de filosofias espiritualistas, mas sem descartá-las, o resultado da obra, em análise global, trabalha com a hipótese de que todo o processo da lei da evolução teve um significativo avanço em virtude da colaboração de seres interplanetários.

Coincidência ou não, recentemente um estudo apresentado pelo químico Steven Benner, do Instituto de Ciência e Tecnologia de Westheimer (EUA), na Conferência de Goldschmidt, em Florença, sugere que a vida pode ter começado em Marte antes de chegar à Terra.

O livro de Mirabel, no entanto, se aprofunda em diversos assuntos. Temas como conflitos extraterrestres, conquistas da ciência, arte, formação do corpos material e astral, líderes, guerras, fazem parte de explicações detalhadas.  O livro tem linguagem clara; algumas vezes, porém, é enigmática; outras, em tom profético, recheadas de ícones, cifras, mensagens nas entrelinhas e números, características que acabam sendo instigantes para o leitor, que pode transformar a leitura em um exercício detalhado para compreensão de verdades além da terra. Ou, como diz Mirabel: “O leitor deve ter mente de pesquisador; dessa forma o caminho será muito mais gratificante”.

capa_cronicas1

Obra: Revelações dos Deuses Extraterrestres
Páginas: 279
Autora: Mirabel Krause
Preço: R$ 37,00
Noite de autógrafos:
23.10.2013 - Livrarias Catarinense - Shopping Neumark, Blumenau, SC, 19h00.
www.mirabelkrause.com.br
Para comprar na Internet

Acompanhe abaixo a entrevista exclusiva:

- Após a publicação do trabalho, qual foi seu sentimento?

De satisfação. Quando iniciei este trabalho, não supunha a dimensão que ele tomaria; muito menos o quanto as mentes humanas estão a despertar. No dia que disponibilizei o livro nas redes sociais para venda, houve um menino de oito anos que me procurou bastante preocupado, pois a mãe não sabia como comprar pela internet, e ele queria muito o livro. Posteriormente, conversando com a mãe, descobri que toda a família é adepta do assunto e todos aguardavam pelo livro.

- Qual foi a maior dificuldade durante o trabalho como um todo?

As infiltrações nas informações. Há uma batalha acontecendo em outra dimensão, e os opositores se empenham para que a verdade não se mostre. Necessitei de muita pesquisa para a devida filtragem.

- Existem muitos trechos polêmicos no livro, tanto para os espiritualistas quanto para cientistas e religiosos. Como você está encarando os embates que possam surgir?

Este é um livro para um público específico, aquele de mente aberta, pois trata de um assunto que fere sentimentos e dogmas diversos, atravessando o âmago das principais religiões estabelecidas. Conflitos de opinião são naturais, principalmente quando se referem a crenças. O ser humano tem tendência a recusar o novo, as mudanças, mantendo-se na zona de conforto em que ilusoriamente acredita viver. Por mais polêmico que seja, este é um assunto que não há mais como a humanidade negar.

- Como você acha, ou pretende, que seu livro – que traz mensagens de seres de outros planetas – seja recebido pelo público espírita?

O espiritismo filosófico absorverá boa parte do conteúdo do livro. “Na casa de meu Pai há muitas moradas”, dito por Jesus no evangelho de João, não se referia exclusivamente aos planos espirituais. Mostra o quão populoso é o universo, e que Deus é o Pai de outras civilizações. Desde o inicio há evidências de criaturas consideradas sobre-humanas – anjos, deuses – que intercederam em nome de Deus na criação da Terra.

- Hoje grande parte da comunidade científica já admite vida extraterrestre. Nesse sentido, como você acha que seu livro vai chegar na comunidade de ufólogos, algo bem forte no Brasil e no mundo?

O livro vem ao encontro de conhecimentos da ufologia. A ufologia, para dar um passo a frente, teve que buscar conhecer questões do espírito e da física quântica. A recepção tem sido bastante positiva, e convites para palestras e entrevistas para blogs e programas ufológicos já surgiram.

- Na sua opinião, como o leitor que se interessa pelo tema deve ler seu livro?

Com mente de pesquisador. Quando iniciei a recepção das informações, muitos dos tópicos abordados eram para mim desconhecidos, e necessitei pesquisar. Sugiro que o leitor faça o mesmo: a cada informação desconhecida, busque aprofundar-se no assunto.